Cesta de Natal: por que dar Vale Presente nessa época?

Por Social Bank 29 out 21

Sendo uma data marcante e simbólica, o Natal não pode passar despercebido pelas empresas e ser tratado apenas como um feriado comum. É importante que a corporação aproveite o clima da data para aprimorar o relacionamento com os colaboradores, mostrando o reconhecimento pelos serviços prestados no ano que termina e dando um combustível para o “recomeço” no ano seguinte.

Durante muito tempo, a maneira mais prática de gratificar os colaboradores nesse período do ano era com as tradicionais cestas de Natal, com produtos característicos dessa época. Com o avanço das tecnologias e facilidades que os apps de pagamento e transferências nos dão, outras formas de presentear os colaboradores surgiram, como o Vale Presente

Neste post vamos entender por que os vales presente estão substituindo as cestas de Natal nas empresas. Confira!

Como o aumento de preços em 2021 dificultou na hora de dar cestas de Natal?

Com a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, que tirou ou reduziu a renda de muitas empresas, os cortes acabaram sendo inevitáveis. Nessa retomada econômica, com o avanço da vacinação, as empresas ainda estão equilibrando as contas e achando novas alternativas para não deixar de gratificar os colaboradores no fim do ano.

Aliada à crise causada pela pandemia, a inflação acima de 10% nos últimos 12 meses também atrapalha a distribuição de cestas de Natal, já que o setor de alimentos foi um dos mais afetados pelas altas de preço. Nesse cenário, a substituição das cestas de Natal pelos Vales Presente, que já era algo natural para os próximos anos, está sendo antecipada em muitas empresas.

Quais são os benefícios de oferecer um Vale Presente?

A troca da tradicional cesta de Natal por um Vale Presente pode trazer uma série de benefícios para a empresa e para o colaborador. Veja abaixo alguns dos principais benefícios dessa troca.

Sem preocupação com logística

O primeiro benefício é óbvio, pois, ao lidar com cestas de Natal físicas, a empresa precisa criar uma série de processos logísticos, que demandam alinhamentos com fornecedores para que as entregas aconteçam no prazo, além de esquematizar a distribuição para os colaboradores.

Mais praticidade

A empresa ganha mais velocidade na entrega e os gestores de RH eliminam uma série de tarefas burocráticas que tomariam parte do seu tempo, podendo focar em outras tarefas que agilizam o fim de ano da empresa.

Redução de custos

O processo de entrega de cestas de Natal não se limita apenas à compra dos produtos. Como falamos acima, há todo um processo de logística e distribuição, que eleva os custos dessa bonificação. A substituição pelo Vale Presente, além de trazer mais praticidade, ajuda com a redução de custos, o que é importante em um momento de crise como o atual.

Autonomia para os colaboradores

Vale Presente dá autonomia para que cada colaborador monte sua cesta da maneira que achar melhor.

Como vimos, as cestas de Natal sempre foram uma excelente maneira para as empresas reconhecerem os esforços dos colaboradores no fim do ano. Porém, devido à crise econômica e à facilidade das tecnologias, o Vale Presente se apresenta como um excelente substituto. O melhor de tudo é que a empresa pode oferecer esse benefício sem deixar de fora o seu core business, contando com a ajuda de parceiros especializados.

Gostou do post? Quer saber como viabilizar a entrega de Vale Presente de Natal em sua empresa? Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções!

Facebook Comments Box
Fechar