Fique por dentro dos impactos do RH digital nas empresas

Por Social Bank 18 maio 21

Durante muito tempo, o RH foi encarado como um setor meramente burocrático. Inclusive, surgia aquela ideia de uma área pouco eficiente e nada moderna. Só que isso tem mudado e, hoje, temos o conceito de RH digital.

Essa verdadeira revolução na forma de agir do setor promove diversos benefícios e gera impactos que são sentidos pela empresa, pelos colaboradores e, até mesmo, pelos clientes. Para entender como tudo isso acontece, venha entender o que é o RH digital e saiba como ele atua nas empresas.

O que é o RH digital?

Com a democratização e o avanço da tecnologia, todos os negócios têm se tornado mais conectados. Isso se dá pela chamada transformação digital, que envolve a presença de recursos inovadores em processos que, antes, eram meramente tradicionais.

O RH digital, portanto, é o “novo” setor de Recursos Humanos, já inserido nesse contexto de tecnologia, conectividade e digitalização. Sabe aquele conceito de rotinas manuais, repetitivas e pouco integradas? Pois é, isso fica para trás com a adição de tecnologia em todo o funcionamento dessa área.

Como essa transformação funciona na prática?

A princípio, parece meio abstrato falar de transformação digital no RH, né? Isso não se trata de usar computadores no setor ou de parte da comunicação acontecer por e-mail — ou, ao menos, não depende apenas disso.

Essa mudança na forma de agir tem alguns pilares que são aplicados na prática, para que a mudança realmente ocorra. Uma dessas questões principais envolve o redesenho de processos. É preciso repensar a forma como tudo é feito para realmente incorporar a tecnologia e aproveitar todo o potencial que ela tem.

Por falar nisso, também é necessário selecionar os recursos certos. Não é porque o RH é digital que ele precisa de todo tipo de tecnologia. Algumas soluções são mais indispensáveis no contexto de uma empresa que outras, dependendo do porte e do ramo de atuação. Então, é preciso que haja uma seleção adequada.

Além disso, a mudança precisa ser gerenciada do jeito certo. Não há como selecionar ferramentas e acreditar que, de um dia para o outro, tudo funcionará de um novo jeito. Portanto, o RH digital prevê a adaptação constante a novos modelos de trabalhar. Principalmente, há uma mudança na cultura organizacional para que seja possível abraçar toda essa inovação. Assim, tudo passa a funcionar conforme o esperado.

Quais são os impactos do RH digital no cotidiano?

Quando esse novo modelo de atuação é colocado em prática, toda a forma de trabalhar muda — e isso é bom, sabia? A implementação correta gera diversos aspectos positivos para o cotidiano do negócio e pode até mudar a percepção de atuação. A seguir, veja quais são as principais vantagens oferecidas pelo RH digital no cotidiano e saiba o que ele oferece!

Mais inovação

Já que falamos de tecnologia, é impossível não citar que essa é uma forma de inovar. Quando o negócio tem um RH digital, todos os outros setores são impactados e também podem passar por essa transformação.

Como o RH é um dos setores mais importantes para “dar o tom” sobre a cultura organizacional, essa mudança ajuda a implementar uma visão focada na inovação em todos os processos. Sabe o que isso significa? Que o negócio não fica para trás e se mantém competitivo.

Automação de tarefas

O uso dessa abordagem também prevê a automação de diversas tarefas. Com a ajuda de recursos específicos, a folha de pagamento é gerada automaticamente, por exemplo. Então, a atuação se torna menos burocrática, mais ágil e direcionada para o que realmente importa.

Principalmente, todos os profissionais desse segmento podem focar em questões mais estratégicas — tanto para o negócio superar desafios quanto para integrar e satisfazer os colaboradores. As tarefas repetitivas ficam para a tecnologia e os grandes diferenciais para os talentos.

Redução de erros e retrabalhos

Como temos um nível maior de automação, os riscos de ocorrerem erros também caem. Afinal, basta pensar em um time que precisa digitar informações sobre centenas ou milhares de profissionais. Por mais atentos que todos sejam, algo pode sair errado — e comprometer várias outras etapas. Com o uso da tecnologia, há menos chances de isso acontecer.

Se há menos erros, também há menor necessidade de retrabalhos. Então, um RH digital, normalmente, não se vê diante da necessidade de elaborar o mesmo relatório várias vezes ou de fazer diversas correções na folha de pagamento, por exemplo.

Aumento da produtividade

O fato é que tudo isso culmina em um impacto muito desejado: o aumento de produtividade. Se eliminarmos a burocracia e as tarefas repetitivas, então, as rotinas se tornam mais ágeis e eficientes. Com isso, o time consegue dar conta de mais solicitações.

Isso é muito importante para tocar diversos projetos ligados à gestão de pessoas, sabe? Em vez de a equipe do setor estar afogada em obrigações de pouco valor, pode direcionar a produtividade para mapear talentos, desenvolver ações e fazer treinamentos, por exemplo. É uma ótima forma de fazer mais com os mesmos recursos e de potencializar os resultados.

Apoio à tomada de decisão

Com a pegada digital, o RH se torna especialmente estratégico. Mais que um braço para executar tarefas rotineiras e burocráticas, o setor consegue gerar informações úteis e muito valiosas para a gestão. Isso tem a ver, inclusive, com o próprio funcionamento de alguns recursos digitais. Graças a ferramentas que cruzam dados e geram informações relevantes, por exemplo, é possível dar uma base para a tomada de decisão estratégica.

Redução de custos

Além de tudo, o RH digital promove a redução de custos, ao contrário do que muita gente acha. Apesar de ser necessário fazer investimentos iniciais, o retorno é garantido, justamente, pela economia consolidada ao longo do tempo.

Menos erros e retrabalhos significam menos riscos de irregularidades, por exemplo. O aumento na produtividade e a melhoria na tomada de decisão também ajudam a aproveitar oportunidades melhores e a economizar. Além de tudo, é um ótimo jeito de reduzir ou eliminar a necessidade de papel, graças à centralização de informações — e isso também reduz os gastos.

Engajamento dos colaboradores

Com um RH digital, os colaboradores também costumam ficar mais engajados, participativos e interessados no negócio. Inclusive, essa pode ser uma ótima maneira de reduzir o turnover e aumentar a retenção de talentos.

Isso se dá, principalmente, porque o setor começa a atuar de forma realmente estratégica e voltada para melhorar a relação com os profissionais. Com as boas tomadas de decisão, o relacionamento geral é favorecido.

Como deixar o seu RH mais digital?

Para fazer essa transformação, em primeiro lugar, é preciso realizar um diagnóstico por meio do mapeamento de processos. Entenda quais são os gargalos e onde estão as oportunidades de otimização por meio da tecnologia.

Como dissemos, também é preciso selecionar os recursos certos. Nesse contexto, é possível contar com um sistema de gestão de RH e até com benefícios específicos. A oferta de Vale Presente, por exemplo, é fácil de controlar e de distribuir, consolidando ações de valorização sem deixar a tecnologia de lado.

Na hora de fazer a implementação, é preciso planejar as etapas e definir indicadores de performance para acompanhar os resultados. Assim, fica mais simples driblar os desafios e, enfim, consolidar essa estratégia de transformação.

O RH digital é uma alternativa interessante para conquistar mais resultados e aumentar a eficiência de todo o negócio. Com o apoio das soluções e ferramentas adequadas, há como aproveitar todos os aspectos positivos.

Por falar no papel desse setor, aproveite para saber como desenvolver um RH estratégico.

Facebook Comments Box
Fechar