Quer saber como estimular a diversidade na sua empresa? Veja 7 dicas!

Por Social Bank 27 dez 21

A presença de diversas gerações impactam profundamente o mercado de trabalho. Os novos talentos se posicionam e se expressam cada vez mais, além de serem dispostos por trazer pluralismo para o cotidiano organizacional. Mais do que nunca, estimular diversidade na empresa é uma pauta de grande importância para as marcas.

Com as mídias sociais dando espaço para todos, as pessoas têm tido um incentivo extra para serem quem realmente são em qualquer ambiente — até mesmo no trabalho.

É isso que a nova sociedade quer. Já passou o tempo em que os profissionais de uma empresa tinham que se moldar a uma condição homogênea de comportamentos. O cenário atual é outro e mostra que a promoção da diversidade é uma condição que veio para ficar, pois é uma necessidade global e multicultural.

Pensando nisso, reunimos dicas e informações para o RH da sua empresa estimular a diversidade e criar um ambiente mais acolhedor. Confira.

O conceito e o funcionamento da diversidade nas empresas

A diversidade é definida como um conjunto de indivíduos com diferentes características e habilidades, pertencentes a grupos socioculturais distintos. Já nas empresas, o termo diversidade é compreendida por talentos de todas as etnias, idades, classes sociais, gêneros, crenças e deficiências.

A presença de profissionais diferentes do ambiente organizacional é importante para que a instituição tenha times capazes de entregar um universo de possibilidades para desenvolver conhecimentos e condutas em prol de atender às novas demandas do mercado (consumidores, fornecedores, parceiros e concorrência).

Uma cultura organizacional alinhada com a diversidade desenvolve e alinha pessoas de toda a sua rede de relacionamentos, permitindo que diferentes perfis troquem experiências. Assim, o fluxo operacional torna-se motivador e transformador para a empresa, gerando novos valores e significados, tanto para os produtos vendidos quanto para os serviços ofertados.

Só que um cenário diverso precisa ser construído de forma gradual na companhia. Isso exige a manutenção de práticas necessárias para que o processo de transformação seja consistente e contínuo. Nesse sentido, o RH deve ser o promotor da diversidade, junto às equipes de liderança. Dessa forma, é possível criar soluções para que vários perfis colaborem com o desenvolvimento do negócio.

Os principais benefícios da diversidade na empresa

Conheça os benefícios da diversidade no âmbito empresarial:

  • comunicação mais eficiente: ocorre por meio da pluralidade de ideias e da troca de experiências;
  • clima organizacional favorável: é sentido após a inclusão e o respeito ao próximo;
  • reação sólida diante de desafios: equipes diversas avaliam a melhor conduta a ser tomada após o surgimento de gargalos, falhas ou problemas;
  • redução da taxa de rotatividade: desligamentos e afastamentos são diminuídos ao ter uma cultura voltada à inclusão e à diversidade;
  • atendimentos humanizados: o público consumidor é beneficiado com equipes empáticas durante atendimentos e abordagens comerciais;
  • crescimento da reputação da marca: a empresa passa ser bem-vista pelas pessoas ao apostar em uma cultura diversa;
  • amadurecimento e lucratividade: por reter talentos, a companhia se torna mais competitiva e madura em relação às demandas da sociedade e do mercado.

7 dicas para estimular a diversidade na empresa

A implementação da diversidade exige a revisão de processos e transformação da conduta da instituição. A seguir, reunimos algumas dicas que podem ajudar seu empreendimento ser mais diverso e acolhedor para seus talentos e clientes.

1. Avalie a empresa

A primeira etapa é descobrir se sua empresa está preparada para ações de diversidade. Para isso, realize os seguintes questionamentos:

  • O tema diversidade já foi trabalhado em algum evento ou treinamento?
  • Como os colaboradores reagem diante desse cenário?
  • Existem nichos internos em que os funcionários apresentam o mesmo perfil comportamental e ideológico?

A partir das respostas obtidas, é possível compreender e detectar os fatores que podem ser aprimorados para desenvolver ações específicas em prol de um ambiente mais diverso.

2. Reveja a cultura organizacional

A cultura organizacional é indispensável para a implantação da diversidade. O objetivo é criar um local de trabalho tolerante e livre de preconceitos que incorpore a inclusão em todos os departamentos e processos.

Para isso, é preciso revisar o tom de voz e as ações da instituição. Portanto, reestruture as atividades de integração (onboarding) e promova o aprendizado intercultural nos treinamentos, a fim de conscientizar todos os colaboradores.

3. Desenvolva políticas de RH inclusivas

O RH deve reunir conhecimentos e habilidades para desenvolver políticas inclusivas, que valorizem todos os colaboradores de forma igualitária, sem distinções. O mesmo vale para funcionários assumem cargos de gestão na empresa. É importante reforçar que essa postura precisa partir da diretoria e ser replicada por toda a companhia com o auxílio do RH para desenvolver uma campanha de marketing de incentivo mais sólida.

4. Adapte processos seletivos

A seleção é um processo que deve favorecer a entrada de talentos diversificados na empresa. Nesse sentido, a dica é definir os recrutamentos para atrair pessoas de outras origens e culturas. Uma sugestão é a contratação às cegas, na qual dados como idade, gênero, etnia e crença são omitidos no currículo.

Outra possibilidade é buscar profissionais de outras regiões do país para incorporar a equipe da empresa, bem como criar vagas inclusivas e definir um plano de carreira para pessoas excepcionais, ou seja, indivíduos que necessitam de auxílio especializado.

5. Capacite lideranças

Gestores e líderes devem ser os porta-vozes da diversidade. Só assim é possível garantir que a inclusão receba a devida a importância na empresa. A liderança precisa transparecer comportamentos inclusivos e gerenciar os próprios preconceitos por meio de orientação prévia por parte da empresa. Só assim os colaboradores sentirão que os líderes apoiam suas causas individuais e coletivas.

6. Gerencie as habilidades individuais

Um dos maiores destaques de uma cultura organizacional heterogênea é a possibilidade de aprender sobre perspectivas diferentes. Isso só é palpável por meio da implantação de comportamentos na rotina de cada funcionário.

Convide cada colaborador para refletir sobre suas preferências, bem como sua capacidade de ouvir opiniões diferentes. Por fim, proponha assuntos acerca da vontade de participar de projetos inovadores que saem da zona de conforto e sugira a adaptação do estilo próprio de cada indivíduo em prol do objetivo da empresa.

7. Desenvolva grupos de apoio à diversidade

Como a cultura da diversidade de ver praticada constantemente por todas as pessoas, alguns procedimentos são necessários para a sua manutenção. Uma solução interessante é montar grupos de apoio à diversidade profissional e social com o auxílio do RH.

Esses times podem ser distribuídos pelos departamentos, precisam dialogar entre si e devem ter propósitos visíveis a todos os envolvidos. Nesse sentido, a recomendação é montar grupos plurais com gestores, profissionais de RH e demais colaboradores, além de agendar encontros para promover ações de diversidade.

A ideia é promover diálogos constantes, desenvolver ações que impactem todos os funcionários, a fim de gerar conscientizações e mudanças comportamentais. Assim, a valorização de pessoas no ambiente de trabalho ficará evidente, favorecendo o surgimento de novos diferenciais no cotidiano organizacional.

As dicas acima foram direcionadas para estimular a diversidade na sua empresa. Ao colocá-las em prática, bem como investir em soluções tecnológicas nos processos operacionais e financeiros, você garantirá eficiência e satisfação interna. Afinal, a automação de atividades também faz parte das demandas de uma equipe diversa.

Conheça a página do Social Bank no Facebook para acompanhar as nossas novidades.

Facebook Comments Box
Fechar