4 livros para conhecer os pilares do ESG

Por Social Bank 18 ago 21

A sigla ESG significa Environmental, Social and Governanceque basicamente se trata de uma governança ambiental e social. Este termo reúne diferentes princípios, como a construção de uma sociedade igualitária, a redução de impactos ambientais, o desenvolvimento de negócios que sejam reconhecidos pela responsabilidade e pela transparência.  

Empresas de diferentes segmentos, como o Social Bank, que se tornou uma Empresa B no início de 2021, vem buscando o desenvolvimento sustentável, em harmonia com o meio ambiente. 

Na prática, esses conceitos não são tão simples como parecem. Por isso, é fundamental ter conhecimento do que se trata ESG e como ele pode ser aplicado na sua empresa antes de tirar os planos do papel. 

Pensando nisso, trouxemos 4 livros para conhecer os pilares do ESG que falam sobre soluções sustentáveis, consciência social, sustentabilidade e outros diversos temas compreendidos neste novo modelo de negócio.  

Continue a leitura e já prepare um espaço na sua estante! 

Economia Circular: conceitos e estratégias para fazer negócios de forma mais inteligente, sustentável e lucrativa 

Quando o assunto é ESG, o livro de Catherine Weetman se torna indispensável. Durante a leitura, a autora vai muito além do conceito tradicional de sustentabilidade e caminha por temas como economia compartilhada e outras questões pertinentes.  

Não importa se você vai ler este livro hoje ou daqui 10 anos, o livro “Economia Circular” faz qualquer empreendedor e profissional de Recursos Humanos refletir sobre as oportunidades para os próximos anos. Afinal, cada vez mais, diferentes tipos de negócios trabalharão por um mundo mais sustentável. 

Capitalismo Consciente: O espírito heroico dos negócios 

John Mackey e Raj Sisodia, além de autores, são os fundadores do movimento Capitalismo Consciente. No livro, eles explicam como algumas empresas aplicam os quatro princípios da abordagem: propósito maior, integração dos stakeholders, liderança consciente e cultura e gestão conscientes na construção de estruturas que ao mesmo tempo são sólidas e lucrativas.  

A leitura mostra que existem sim empresas responsáveis que buscam o equilíbrio entre a lucratividade e a consciência social, mas que nem todos os líderes sabem como fazer isso. 

De acordo com a obra, não é preciso ser um vilão para ir longe, é possível ser legal no mundo dos negócios e, mesmo assim, se tornar um herói. 

Todos São Importantes: O Extraordinário Poder das Empresas que Cuidam das PESSOAS Como GENTE, e Não Como Ativos 

“Todos querem ser melhores. Confie neles. Líderes estão em toda parte. Encontre-os. As pessoas realizam coisas boas, grandes e pequenas, todos os dias. Celebre-as. Algumas pessoas gostariam que as coisas fossem diferentes. Escute-as. Todos são importantes.”  

Este é um trecho do livro “Todos São Importantes” de Bob Chapman e Barry-Wehmiller, pioneiros em uma abordagem um pouco diferente de liderança, que cria resultados surpreendentes de lealdade, moral, inovação e desempenho. 

Para os autores, todos os colaboradores de uma empresa são importantes para o funcionamento dela e é mais do que necessário deixar a cultura da competição de lado e buscar por um ambiente de trabalho mais humano, engajado e com menos frustrações.  

Inicialmente, a abordagem pode não parecer fácil, mas é simples. E vale lembrar que ESG também é movido pelo bem-estar de todas as pessoas.  

Dedique-se de coração: A história de como a Starbucks se tornou uma grande empresa de xícara em xícara 

É possível praticar ações que parecem simples, mas se tornam experiências incríveis? A resposta é “sim”. A história da Starbucks, uma das maiores redes de cafeteria do mundo, ilustra bem como é possível ter boas relações com qualquer tipo de pessoa, sejam elas clientes, colaboradores ou acionistas, por exemplo.  

A Starbucks é conhecida por tratar os colaboradores com muito respeito e dignidade, e possui uma equipe de líderes e gestores que são fundamentais pra o funcionamento de um negócio internacional que preza tanto a experiência do consumidor quanto a experiência de quem está por trás do negócio.  

Quer saber mais sobre ESG? Responda a nossa pesquisa de RH e concorra a um sorteio de 3 mentorias e um lugar reservado no nosso Webinar: “Passo a Passo para se tornar uma Empresa B” ministrado pelo Alonso Neto, Diretor de Propósito e Pessoas do Social Bank, com a participação de um especialista do Sistema B. 

Facebook Comments Box
Fechar