O que você precisa saber sobre economia social e onde aplicar

Por Social Bank 04 maio 21

Atualmente, boa parte das empresas demonstra preocupação com o social. Afinal, não se trata apenas de produzir e vender para ter lucros, também é importante atuar na sociedade de forma responsável e solidária.

A geração de empregos, por exemplo, já é uma forma de ajudar a sociedade. Mas a economia social vai além disso, sendo mais ampla: ela se importa em garantir aos funcionários uma boa qualidade de vida, entre outras coisas.

É sobre esse assunto que vamos tratar neste post. Continue a leitura e veja a importância da responsabilidade social de todas as organizações!

O que é economia social?

Economia social é um conceito que apareceu em 1830 a partir da publicação de um tratado de Charles Dunoyer na Universidade de Lovaina. Sua definição, conforme a Comissão das Comunidades Europeias na Comunicação ao Conselho (18 de dezembro de 1989), é a seguinte:

uma empresa pertence à Economia Social se a sua atividade produtiva se basear em técnicas de organização assentes nos princípios de solidariedade e participação entre membros, sejam produtores, utilizadores ou consumidores, e nos valores de autonomia e cidadania. Em geral, estas empresas adotam a forma jurídica de cooperativa, mutualidade ou associação”.

Atualmente, a economia social respeita critérios definidos na Carta de Princípios da Economia Social da Conferência Europeia Permanente das Cooperativas, Mutualidades, Associações e Fundações (CEP-CMAF).

Como e onde a economia social é aplicada?

Associação

Trata-se de uma pessoa coletiva que não tem fins lucrativos. Os associados se reúnem para satisfazer necessidades e objetivos comuns. A finalidade pode variar, por exemplo:

  • cultura;
  • recreação;
  • desporte;
  • educação;
  • pais;
  • proteção civil (bombeiros voluntários).

Mutualidade

Nesse caso, a finalidade é o auxílio mútuo dos associados e familiares. Eles atuam principalmente no setor de saúde, ação social e regimes complementares de segurança social.

Cooperativa

Ainda que as cooperativas mais conhecidas sejam as agrícolas, existem outras de habitação, culturais, consumo, ensino, meio ambiente e desenvolvimento.

São associações voluntárias e autônomas cujo objetivo é satisfazer as necessidades sociais, econômicas e culturais dos associados por meio de cooperação democrática e entreajuda dos membros.

Misericórdia

São associações formadas conforme o Direito Canônico para atender às carências sociais e realizar ações de culto católico.

Fundação

É uma pessoa coletiva, sem fins lucrativos. Ela ganhou seu patrimônio, que é suficiente para alcançar seus objetivos.

Os fins devem ser de interesse social, mas não podem atender aos do próprio fundador, de sua família ou de seu grupo de relacionamento. Os objetivos são culturais, de ensino, de saúde e de defesa do patrimônio.

Demais entidades

É possível que outras entidades integrem a economia social. A lei não coloca restrições nesse ponto. Uma empresa privada, com fins lucrativos e que cumpre os objetivos da economia social também pode ser parte desse grupo.

Quais são as vantagens da economia social?

A economia social oferece muitas vantagens para a empresa que a adota, como:

  • um modelo de organização democrática, em que os funcionários têm seus interesses ajustados em qualquer tarefa;
  • a inexistência de uma rígida relação patrão-empregado;
  • a preservação de valores culturais, solidariedade, cooperação, democracia e direitos humanos (a população é que faz funcionar);
  • a inclusão social;
  • uma melhora a imagem da organização perante a sociedade, os funcionários e os clientes.

Vale ressaltar que a economia social, com sua flexibilidade e incentivo à solidariedade e à qualidade de vida, contribui para motivar os colaboradores no desenvolvimento de suas atividades, ou seja, reduz o índice de rotatividade e aumenta a produtividade.

Toda empresa busca motivar os seus funcionários, mas isso nem sempre é fácil, não é verdade? Confira algumas ações para motivar os colaboradores!

Facebook Comments Box
Fechar