Entenda a importância de acompanhar metas e indicadores da empresa

Por Social Bank 18 jul 21

Nunca foi tão importante trabalhar com metas e indicadores. Ao acompanhá-los, torna-se possível ter uma visão muito profunda sobre o empreendimento, assim como compreender melhor a estrutura de mercado. Sem eles, porém, o negócio pode ter graves prejuízos.

Em resumo, você pode pensar na meta como o alvo futuro. É o que direciona sua equipe de trabalho. O indicador, por sua vez, é a base numérica usada para medir o desempenho. Por exemplo, seu time pode ter a meta de dobrar o volume de vendas nos próximos dois meses. Para monitorar seu alcance, utilizará como indicador o cumulativo de vendas do período.

Ao longo dos próximos tópicos, explicamos por qual motivo você deve monitorar metas e indicadores do seu empreendimento. Portanto, continue atentamente sua leitura.

Criação de uma gestão orientada por dados

Em primeiro lugar, o uso de metas e indicadores contribui para o que é chamado de data-driven management (em português, gestão orientada por dados). Esse modelo gerencial parte da ideia de que não basta conduzir um negócio com base no achismo: é preciso de dados.

Na prática, existem muitos benefícios associados ao assunto. Por exemplo, na medida em que sua equipe utiliza dados com frequência, consegue ter uma visão mais precisa das coisas, além de tomar decisões ágeis e bem alinhadas aos principais interesses do empreendimento.

Por outro lado, se você não conta com números provenientes, tanto das metas quanto dos indicadores de desempenho, pode ter poucas evidências que orientem a administração do seu negócio. Assim, fica mais difícil aplicar recursos com precisão e definir estratégias.

Aumento do foco no que realmente importa

Tanto metas quanto indicadores melhoram o foco. Eles deixam claro o que merece tempo e energia, separando isso de tudo mais que é trivial. Tal atitude é importante, afinal, a organização conta com recursos escassos, os quais devem ser aplicados no que realmente importa.

Imagine, por exemplo, a meta de aumentar a satisfação dos clientes finais em 20 pontos percentuais, o que será monitorado por meio de indicadores de satisfação e fidelidade. Na hora em que esta meta é definida e comunicada, toda a equipe entende que a satisfação do cliente é crucial, exigindo mais tempo e energia — o que poderia não estar claro antes.

Na ausência de boas metas e indicadores, cada profissional avalia o que considera importante e dedica seu tempo a isso. Não há uma linha central que conduza toda a força de trabalho a uma mesma direção. Isso é prejudicial e reduz as chances de sucesso.

Maior alinhamento ao longo do expediente de trabalho

O aumento do foco de cada colaborador está intimamente ligado a outro benefício: o crescimento do alinhamento ao longo do trabalho. Quando as metas e indicadores são bem definidas, todos sabem que direção seguir e quais resultados entregar no trabalho.

Para entender a importância do alinhamento, imagine o seguinte exemplo: um bando de pássaros voando. Se todos voam em direções opostas, de modo desorganizado, existirão colisões graves no céu. Agora, se o voo acontece na clássica formação “V”, com todos bem alinhados, é menos provável que ocorram acidentes e o voo pode ser muito bem-sucedido.

O maior alinhamento da equipe de trabalho promove benefícios subsequentes, como o aumento da produtividade e o crescimento da satisfação dos funcionários. Por outro lado, se não há alinhamento com metas e indicadores, os erros serão mais frequentes.

Melhoria na tomada de decisão no trabalho

Em última análise, o sucesso de uma empresa depende das várias decisões tomadas ao longo do expediente. Essas decisões podem ser operacionais, tributárias, de financiamento ou de investimento, entre outras, mas devem ser tomadas com agilidade e precisão.

Nesse aspecto, boas metas são de grande ajuda. Eles geram clareza sobre aonde todos devem chegar — e essa clareza faz muita diferença quando você está tomando decisões que são complexas, como onde investir a maior parte do seu tempo e energia de trabalho.

Os indicadores, por sua vez, promovem análises mais profundas que permitem conhecer a empresa, as oportunidades de mercado e as ameaças existentes. Desse modo, antes decidir, é possível ter uma visão mais sistêmica das coisas, o que melhora suas escolhas finais.

Geração de mais transparência nas informações

Atualmente, “transparência” é um termo que interessa bastante às empresas, aos talentos que fazem parte do quadro de trabalho e aos consumidores finais, entre outras partes que são interessadas no negócio. Sem transparência, é possível que o negócio caia em descrédito.

Novamente, boas metas e indicadores podem ser de grande ajuda. Eles melhoram a compreensão dos resultados da empresa e das equipes de trabalho, permitindo que o gestor tenha insumos (neste caso, dados) suficientes para agir com transparência e comunicar o que está ocorrendo ao longo do expediente. Sem tais insumos, tudo seria mais difícil.

Muitas empresas também utilizam suas metas e indicadores para gerar transparência por meio da gestão a vista. Neste caso, são criados painéis de controle com informações táticas e, então, distribuídos em cantos visíveis da empresa, como na sala de reuniões.

Conhecimento mais profundo do empreendimento

Há, ainda, o benefício de conhecer mais profundamente o empreendimento. Muitos gestores e colaboradores não conhecem verdadeiramente seu negócio, não entendem os números de marketing, vendas ou finanças. Isso é um problema.

Veja bem, se você não conhece seus números, também não sabe onde está falhando e acertando. Por consequente, não conta com conhecimento suficiente para aprimorar seus resultados e iniciar programas de melhoria contínua, que promoverão o crescimento.

A ausência de conhecimento sobre o empreendimento pode resultar em falhas, erros e acidentes que colocam em risco a sobrevivência do negócio, assim como a permanência dos clientes e profissionais talentosos. Portanto, é um aspecto fundamental ao sucesso.

Observe, agora você está por dentro do tema e sabe por qual razão investir no assunto. Tenha em mente que para selecionar boas metas e indicadores é preciso conhecer a estratégia da sua empresa, assim como pensar nas várias áreas que formam seu negócio. Também é importante ter consistência no levantamento dos números, realizando-o com frequência.

Gostou do nosso artigo? Aproveite, então, para ficar sempre por dentro das nossas novidades. É bem fácil, basta seguir nossas redes sociais — estamos no Instagram, Facebook e LinkedIn.

Facebook Comments Box
Fechar