Inteligência emocional: como desenvolver com seu time?

Por Social Bank 22 fev 22

Muito se fala sobre inteligência emocional, mas nem todo mundo entende a real importância dessa habilidade e suas aplicações. O fato é que quando os colaboradores estão preparados para os desafios, ficam mais engajados e motivados para o trabalho e proporcionam um ambiente muito mais agradável.

Para o profissional, os benefícios são inúmeros. Com a inteligência emocional, o funcionário passa a conhecer melhor seus limites e potencialidades, lidando melhor com as diferentes tarefas que vão aparecer em seu caminho.

Mas, afinal, como desenvolver a inteligência emocional da equipe e tornar essa habilidade cada vez mais comum entre seus colaboradores? Preparamos este artigo com dicas essenciais para ajudá-lo nessa tarefa. Confira!

Inteligência emocional: o que é e qual a sua importância?

A inteligência emocional é a capacidade que uma pessoa possui de gerir suas emoções, de uma forma mais sensata e equilibrada. Essa habilidade está diretamente relacionada às soft skills, cada vez mais valorizadas no universo corporativo.

Ao desenvolver a inteligência emocional, o profissional passa a ter um raciocínio aprimorado e uma visão ampla dos seus desafios, consegue resolver melhor os conflitos e administrar seus próprios sentimentos com mais agilidade. Esse conceito também está relacionado a quatro aspectos principais. São eles:

  • autorresponsabilidade;
  • percepção das emoções;
  • gerenciamento das emoções;
  • foco e ação.

Ou seja, quando o profissional entende quais são suas principais responsabilidades, identifica suas emoções e as gerencia corretamente.

Assim, também consegue agir de uma forma muito mais inteligente e estratégica. Vale observar que essa lógica funciona não só para os negócios, mas também para a vida como um todo.

Como incentivar a inteligência emocional da equipe?

As empresas e seus respectivos líderes possuem um papel fundamental para incentivar os colaboradores a terem mais inteligência emocional. Antes de tudo, é muito importante que o próprio ambiente empresarial permita que essa habilidade seja desenvolvida.

Afinal, a sua empresa realmente se importa com a saúde mental dos colaboradores? Visto isso, existem alguns passos interessantes que podem ajudar você nessa jornada. Veja!

Promova 1on1’s e tenha conversas transparentes

O 1on1 é um momento de troca e sempre vale ser transparente com o seu colaborador, não apenas para compartilhar metas. Empatia e compreensão fazem toda a diferença nesse processo! Proporcione conversas inspiradoras, dê dicas úteis e relevantes para o crescimento pessoal e profissional do trabalhador.

Reforce uma cultura de feedbacks

O feedback faz com que o seu colaborador entenda com mais clareza quais são seus erros e acertos. Identifique esses pontos, de forma empática, e passe a informação para ajudá-lo em seu desenvolvimento.

Lembre-se de que o feedback faz parte de uma cultura, sem hierarquias. Todos podem colaborar ativamente nesse aspecto.

Relembre os valores que direcionam a equipe

Resiliência, autogestão, ética, etc. São diversos valores importantes que existem no meio empresarial, que devem ser constantemente relembrados. Eles ajudam a nortear os colaboradores e a lembrá-los do que realmente importa em qualquer tipo de trabalho.

Pronto para motivar a inteligência emocional em sua equipe? Apesar de simples, as ações citadas acima ajudam a incentivar a inteligência emocional, permitem que seus colaboradores se comuniquem melhor e sejam mais conscientes de suas potencialidades. No final, todos saem ganhando!

E então, gostou do artigo? Para ficar em dia com nossas publicações e ler outros conteúdos semelhantes siga as nossas redes sociais. Estamos no: Linkedin, Instagram, Twitter, Youtube e Spotify!

Facebook Comments Box
Fechar