4 maneiras de otimizar processos e evoluir pequenos negócios!

Por Social Bank 28 out 21

Em um mercado cada vez mais competitivo, os pequenos empreendedores precisam lidar com uma série de desafios para fazer com que suas empresas sejam rentáveis, principalmente quando a concorrência é com gigantes. Quando o gestor consegue superar esses desafios, fica mais fácil evoluir pequenos negócios. Mas como fazer isso?

O primeiro passo é o investimento na profissionalização da gestão da empresa, partindo de pressupostos como o mapeamento de processos, a capacitação de profissionais, a análise de dados e a utilização da tecnologia como aliada. Neste post, vamos entender como funcionam e como aplicar esses 5 pilares na prática. Continue lendo e conheça todos os detalhes!

Como começar um negócio do zero?

Começar a empreender é um passo muito importante na vida de quem decide enfrentar esse desafio. Seja por necessidade ou por vontade de ter o próprio negócio, é preciso saber como essa trajetória começa e quais obstáculos podem surgir no decorrer do tempo.

Por isso, listamos os principais aspectos que merecem a sua atenção.

Finanças

O seu capital de giro ou a falta dele é a principal razão para o fechamento de pequenos negócios nos primeiros 5 anos de operação. Um dos erros mais comuns é não mensurar quanto será necessário para manter a empresa funcionando no início, quando não há lucro.

Além disso, empreendedores iniciantes têm dificuldades em separar as finanças pessoais e as finanças da empresa. Esse é um erro que causa problemas para mensurar a contabilidade e impede o registro correto do fluxo de caixa.

Produtos e serviços

Decidir quais produtos ou serviços serão disponibilizados é uma decisão estratégica que tem o intuito de diversificar o mix de produtos para atender os clientes. Além da variedade de opções, é fundamental verificar quais itens têm maior saída e, com isso, representam uma fatia maior dos lucros.

Outro aspecto que merece atenção é a política de precificação. É preciso alcançar um equilíbrio para manter os preços compatíveis com o mercado e garantir a margem de lucro que o empreendedor deseja obter.

Gestão da equipe

Normalmente, pequenos negócios são gerenciados por um único empreendedor ou são negócios familiares. Porém, no decorrer do tempo, pode ser preciso contratar colaboradores para ajudar a lidar com a demanda.

Quando isso acontece, é fundamental entender como desenvolver uma relação positiva com a equipe. Essa prática inclui criar um ambiente de trabalho agradável, oferecer incentivos e perspectivas de crescimento. Como resultado, os colaboradores se tornam mais motivados e produzem com mais qualidade.

O que você precisa saber para evoluir pequenos negócios?

Investir na criação de um pequeno negócio depende da sua capacidade de aprimoramento. Para sobreviver, é preciso ser capaz de inovar, desenvolver novos produtos e construir um relacionamento sólido com o mercado.

Por isso, reunimos neste tópico algumas ideias para ajudar o seu negócio a crescer de forma orgânica e planejada.

1. Faça o mapeamento dos processos

Já que falamos de otimização, o primeiro passo para evoluir o seu negócio é o mapeamento dos processos. A ideia é adicionar mais fluidez na execução das atividades e simplificar a rotina de trabalho da equipe. Essa mudança representa um importante ganho de produtividade, com potencial para afetar desde o relacionamento com os clientes até as finanças.

Nesse cenário, é importante que o gestor tenha adquirido os conhecimentos básicos de gestão, que envolvem, por exemplo, o fluxo de caixa e o ponto de equilíbrio. Sem base não dá para construir uma estrutura, isso vale para edificações e para negócios sólidos.

2. Capacite a sua equipe

É importante que haja uma grande sintonia na empresa, para que o crescimento aconteça de forma sustentável. Por isso, é importante que os colaboradores trabalhem de forma correta em seus respectivos setores.

O objetivo é construir uma base de conhecimento sobre as funções desempenhadas, bem como a classificação necessária para executar as atribuições do cargo. Além disso, cabe aos gestores acompanhar a performance das equipes, para identificar em quais áreas o desempenho é satisfatório e quais requerem iniciativas de melhoria.

O crescimento de uma empresa pequena passa diretamente pela possibilidade de produzir mais com menos, e isso está pautando no ganho de produtividade. Ou seja, na capacitação profissional e na criação de um ambiente de trabalho saudável para os colaboradores.

3. Adote a automação de tarefas

Tempo é um dos recursos de uma empresa, seja ela uma grande corporação ou um pequeno empreendimento. Por esse motivo, o empreendedor deve identificar formas de melhorar a execução de tarefas e simplificar a rotina de trabalho.

As tarefas repetitivas e que demandam tempo, como a emissão de documentos fiscais e a gestão de estoque, podem ser beneficiadas pela automação. Essa medida ajuda a liberar a equipe para se concentrar em atividades que afetam a estratégia do negócio.

4. Tome decisões baseadas em dados

No tópico anterior, falamos sobre a necessidade de acompanhar o desempenho dos colaboradores. Esse acompanhamento deverá ser feito com análise de dados sólidos, que deverão ser coletados, estruturados e analisados para a retirada de bons insights que nortearão as tomadas de decisão.

5. Utilize a tecnologia a seu favor

Atualmente, não faz mais sentido gerir uma empresa, independentemente do porte, sem ter a tecnologia como aliada. Com o bom uso dessas ferramentas, todas as dicas anteriores serão viabilizadas. Nesse caso, o mapeamento dos processos passa a ser automático e avaliado periodicamente. Além disso, a capacitação dos colaboradores e a entrega de boas ferramentas de trabalho se tornam um diferencial competitivo.

A tecnologia também colabora com a análise de dados, pois a centralização e a integração dos dados contribuem para a produtividade, o aumento da capacidade analítica e a elaboração de indicadores e métricas.

Por fim, o uso da tecnologia é de suma importância para a segurança dos dados sigilosos, pois, mesmo as empresas menores, estão sujeitas a ataques e invasões, e isso não pode se tornar um entrave no crescimento.

Como vimos, evoluir pequenos negócios começa com a adoção de métodos que tornem a gestão mais profissional, passando por qualificação, análise de dados e adoção de tecnologias.

Aliás, como as soluções digitais poderão ser o agente impulsionador do crescimento de sua empresa, na hora de escolher as ferramentas e os fornecedores, é importante ter critério e encarar essa etapa como se você estivesse escolhendo um parceiro de negócios.

Gostou do post? Então curta a nossa página do Facebook e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Facebook Comments Box
Fechar