Confira um passo a passo para se organizar financeiramente

Por Social Bank 28 mar 22

A falta de organização das finanças é um verdadeiro problema. Na prática, faz com que seus gastos saiam do controle, gerando dívidas excessivas. Também faz com que sua renda mensal seja mal aproveitada. Por isso, é útil saber como se organizar financeiramente.

Uma boa organização depende do entendimento das suas receitas e despesas mensais, o que inclui gastos fixos e variáveis, além de despesas não recorrentes. Podem parecer coisas técnicas, mas com um pouco de esforço e dedicação é possível utilizá-las em seu favor.

Em vista disso, ao longo dos tópicos seguintes, apresentamos um passo a passo para se organizar financeiramente e melhorar seus resultados. Continue lendo atentamente.

Tenha o controle das receitas e despesas

Ao longo do mês, você tem uma série de receitas e despesas. Significa que há dinheiro entrando e saindo do bolso. Receitas referem-se aos recebimentos, como salário. Despesas envolvem todos os seus gastos, como energia, aluguel e conta de telefone.

O primeiro passo na sua organização é registrar cada centavo de receita e despesa, o que pode ser feito em aplicativos, planilhas ou blocos de anotação. Sempre que receber ou gastar algo, tome nota disso. Pode parecer difícil no começo, mas com o tempo você se acostuma.

Defina o orçamento por categoria de despesa

Suas despesas não devem ser pensadas como um único bloco. A verdade é que elas variam muito. Algumas vezes, você gasta com lanches, outras com educação ou transporte. Logo, é útil segmentar suas despesas por categoria e definir um orçamento para cada uma delas.

Pense no orçamento como o limite que pode ser gasto. Por exemplo, R$300,00 por mês com lanches e refeições externas ou R$500,00 com cursos e eventos culturais. Sua missão é ficar dentro de cada orçamento, nunca extrapolando os recebimentos mensais.

Tenha metas financeiras inteligentes

O registro das contas e a definição do orçamento são passos pensados para o curto prazo, feitos e avaliados mensalmente. Vejamos uma dica para médio prazo: tenha metas. Pense nas metas como uma espécie de “alvo” que deve ser atingido em determinado período.

Por exemplo, você pode definir a meta de economizar R$10.000,00 para viajar ou criar uma carteira de investimento de R$15.000,00. O mais importante é que suas metas sejam específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazo (tempo) bem definido.

Premie-se pela organização financeira

Organizar-se financeiramente pode não ser tão fácil, especialmente se você não tem o hábito de poupar ou registrar as contas mensais. Por isso, é útil criar estímulos positivos, premiando-se sempre que ficar dentro do orçamento ou alcançar uma meta definida.

A melhor premiação muda muito, tendo em vista seus interesses pessoais. Pode ser um pote de sorvete, uma caixa de chocolate ou um ingresso para o cinema — nada que afete sua saúde financeira ou organização mensal. Assim, você terá estímulos para deixar tudo sob controle.

Veja, agora você já conhece os principais passos. Registre suas receitas e despesas, tenha um orçamento, defina suas metas financeiras e crie estímulos positivos. Tenha em mente que há muitas vantagens em se organizar financeiramente, como mais riqueza, saúde e bem-estar. O Social Bank pode te ajudar em cada etapa e simplificar sua vida financeira.

Gostou do nosso artigo, certo? Aproveite para entrar em contato conosco, abrir sua conta digital e ter tudo o que você precisa na palma da mão. Vamos lá! 

Facebook Comments Box
Fechar