Como criar um fluxo de contratação em usinas sem burocracia dos bancos físicos

Por Social Bank 02 maio 21

O processo de admissão de novos empregados é um dos mais importantes para uma empresa. Isso é normal já que os ativos humanos estão entre os principais de qualquer organização. E é por meio da contratação que ela consegue captar novos talentos.

Algumas técnicas podem ser usadas para tornar o processo mais eficiente. Nas usinas, podemos aplicar, entre outras coisas, o fluxo de contratação. É sobre esse assunto que vamos tratar neste post. Veja como é possível aplicar essa estratégia sem enfrentar a burocracia dos bancos físicos.

O que é fluxo de contratação?

O fluxograma é um desenho técnico cuja finalidade é mostrar o funcionamento de determinadas tarefas de maneira clara e objetiva. O fluxo de contratação é um diagrama que contém o passo a passo de todas as fases que se relacionam com a contratação de novos funcionários dentro da usina.

Logo, para representar esse fluxo usamos um gráfico minucioso de tudo o que o RH deve fazer durante a admissão de um novo colaborador. Trata-se de uma ferramenta que serve para manter o controle sobre o processo.

Para a confecção desse gráfico, é necessário considerar algumas regras. Assim, cada ícone tem um significado e a continuidade, ou não, de cada fase é revelada a partir desses ícones.

Qual é a importância de um fluxo de contratação?

O fluxo de contratação, ou fluxograma de admissão, é muito importante para a usina porque oferece diferentes benefícios:

  • ajuda a reduzir burocracias associadas ao recrutamento, à seleção e à admissão;
  • revela um panorama das competências e habilidades dos profissionais que se candidatam a um determinado cargo;
  • reduz, de forma drástica, as possibilidades de falhas no processo de contratação;
  • reduz gastos desnecessários com a contratação de novos funcionários;
  • diminui a taxa de rotatividade.

Como montar o fluxo de contratação?

A ideia principal do fluxograma é a documentação do processo, tornando-o mais claro para os envolvidos. Observe o passo a passo para a montagem do fluxo de contratação.

Escolha a ferramenta que será usada

Há certas ferramentas definidas para a criação de fluxogramas. Entre elas, podemos citar Draw.io, Lucidy Chart, Gliffy, Cawemo. Então, é possível escolher entre algumas delas ou pode fazer uso do Word, Excel ou Power Point.

Faça uma lista de cada uma das atividades referentes ao processo

Considere como o processo de contratação ocorre na usina e faça uma lista de cada uma das fases sem esquecer nenhuma delas.

Monte o fluxograma de admissão, baseando-se na lista

Após criar a lista e assegurar que todas as fases foram seguidas, inicie a montagem do fluxo de contratação. Inclua da forma certa os ícones porque eles revelam a continuidade ou não do fluxograma.

Garanta que todos compreendam o fluxograma

Mostre o fluxograma para os funcionários e explica cada fase para eles. É essencial que todos entendam bem o funcionamento do processo.

Quais são as etapas do fluxograma?

Para garantir que o fluxo de contratação seja integral, você deve conhecer melhor cada etapa. Vamos a elas.

A descrição do cargo

A descrição do cargo inicia todos os fluxogramas de contratação. Essa etapa define os critérios para as outras etapas. Por isso, devemos detalhar claramente as funções, as responsabilidades e o perfil esperado.

A divulgação

O lugar mais adequado para divulgar o cargo é onde o perfil se encontra. Por isso, é importante que seja feito uma análise sobre os hábitos do profissional para identificar qual será o veículo mais adequado.

Essa informação deve ser incluída no fluxo de contratação, sendo muito útil para melhorar o tempo de planejamento e executar atividades com mais objetividade.

A triagem

A divulgação do cargo vai encher o setor de RH de currículos. Mas se trata de um importante processo para que a contratação tenha êxito.

A etapa que descreve o cargo e a função é fundamental para ajudar o responsável pelo recrutamento e seleção a identificar o que a empresa precisa entre tantos currículos.

O fluxograma deve registrar os passos que o currículo deve seguir, como recepção, sala de gestão, triagem manual.

Os testes de conhecimento e entrevista

Após selecionar os candidatos, inicia-se o processo de testes e a entrevista. Essa etapa mudará de acordo com a vaga e a empresa. Cada função/cargo e ramo de negócio tem necessidades diferentes. Por isso, é necessário montar um processo seletivo conforme esses critérios.

No fluxograma, faça o desenho do trajeto percorrido pelo candidato, como:

  •  teste online;
  • dinâmica de grupo;
  • entrevista com a equipe responsável pelo recrutamento/seleção;
  • entrevista final com o gestor.

A análise

Depois de fazer os testes e as entrevistas, é preciso decidir os profissionais que serão contratados. Devemos ter habilidades para identificar pontos-chave da etapa anterior e fazer uma decisão mais acertada.

Entre esses pontos, podemos elencar: as reações, as escolhas de palavras, a linguagem corporal. Mas há outros critérios que podem esclarecer o perfil do profissional melhor que suas respostas. Devemos lembrar que muitas respostas podem ser ensaiadas.

A contratação

Finalmente, chegamos à etapa burocrática da contratação. No fluxo de contratação, devem ser descritas as etapas, envolvendo desde a solicitação de documentos até a devolução dessa documentação. No sistema de contratação online, o fluxograma tende a ser mais simplificado e ágil.

O onboarding

O onboarding também é uma etapa valioso no fluxograma de admissão. Ele é uma fase essencial para que o profissional contratado se ajuste ao seu novo cargo em tempo hábil.

Onboarding é um processo bem estruturado e que pode ser alinhado e modificado conforme a cultura organizacional. Assim, ele serve para recepcionar o funcionário recém-contratado, facilitando seu entendimento sobre as normas empresariais:

  • como as coisas funcionam;
  • com quem o funcionário deve conversar para tirar dúvidas;
  • em que grupo ele vai trabalhar;
  • o que ele pode fazer;
  •  o que ele não pode fazer;
  • detalhes da função para qual ele foi contratado;
  • e outras coisas.

Os processos de recrutamento e seleção exigem uma visão macro, que pode ser conquistada por meio do fluxograma de admissão. Essa ferramenta ajuda a diminuir as possibilidades de erros quando escolhemos um novo empregado.

Ele oferece um controle mais efetivo sobre os aspectos burocráticos das contratações. O fluxo de contratação pode, inclusive, recorrer a um banco digital, evitando assim os trâmites burocráticos característicos dos bancos físicos.

Está tendo dificuldades no processo de contratação? Aproveite para conhecer os serviços do Social Bank e reduzir as burocracias nesse processo!

Facebook Comments Box
Fechar