Benefícios sociais: o que são e qual a sua importância?

Por Social Bank 24 fev 22

Toda empresa possui compromissos e deveres com seus funcionários. Os benefícios sociais são alguns deles. Já ouviu falar no termo e sabe do que se trata? Alguns são resguardados por lei, outros são opcionais.

O fato é que, quando a empresa oferece tais benefícios, passa a ter força competitiva diante da concorrência e se torna mais atrativa para os candidatos e colaboradores. Além disso, os benefícios sociais ajudam na retenção de talentos, são importantes para garantir o desenvolvimento e a sustentabilidade da empresa.

Preparamos este artigo para ajudar você a entender um pouco mais sobre este conceito, importância e aplicações. Continue a leitura!

O que são os benefícios sociais?

Os benefícios sociais podem ser considerados uma remuneração indireta. São vantagens e diferenciais que a empresa oferece para garantir a segurança e a comodidade do trabalhador, para que ele possa não só cuidar da sua saúde, mas também do seu futuro.

Como comentamos, alguns deles são resguardados por lei. Ou seja, são direito do trabalhador, portanto, um ponto de atenção para as empresas. Eles reforçam algumas necessidades que todo trabalhador possui para executar seu trabalho, como: ferramentas corretas e ambiente adequado.

Normalmente, esses benefícios são divididos em duas categorias: benefícios monetários (que abrangem o 13º salário e a aposentadoria, por exemplo) e os benefícios não monetários (como férias, plano de saúde e transporte).

Quais são os benefícios sociais mais importantes?

A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) estipula benefícios obrigatórios, que são o direito de todo profissional. Dentre eles, podemos citar:

  • férias remuneradas;
  • 13º salário;
  • vale-transporte;
  • FGTS;
  • horas extras;
  • vale-alimentação ou refeição;
  • PIS.

Já entre os benefícios sociais espontâneos, os quais são oferecidos por decisão e posicionamento da empresa, podemos elencar:

  • participação nos lucros;
  • vale-cultura;
  • bolsa de estudos;
  • flexibilidade de horário;
  • previdência privada.

Existem também os benefícios sociais recreativos, em que a empresa opta por oferecer espaços de lazer para os colaboradores, permitem o home office, não exigem dress code e permitem a realização de happy hours semanais.

Outro ponto importante é que eles podem ser totalmente custeados pela empresa ou compartilhados com o colaborador. Normalmente, a empresa paga a maior parte, mas o colaborador também contribui neste aspecto.

Por que os benefícios sociais são tão importantes?

Manter o engajamento e garantir a retenção de talentos é um desafio para muitas empresas. Os benefícios sociais, além de essenciais ao trabalho dos colaboradores, trazem mais força à marca e aos valores da organização.

Além disso, refletem diretamente na produtividade e motivação da equipe e podem, inclusive, ser usados em campanhas internas para incentivar a integração de times e alinhamento às necessidades e objetivos da empresa.

Aqui, portanto, é importante observar que os benefícios ajudam a melhorar processos e manter os resultados da empresa. Os benefícios sociais podem trazer melhorias significativas para a vida do colaborador e auxiliar em sua capacidade produtiva.

Se você tem uma empresa, provavelmente já oferece os benefícios sociais obrigatórios. Mas, já parou para pensar nos benefícios espontâneos? Vale refletir sobre o assunto e investir em melhorias e diferenciais para seus colaboradores!

E então, conseguiu entender o que são os benefícios sociais e qual sua importância? Esperamos que sim! Acompanhe o nosso blog e nossas redes sociais para entender mais sobre assuntos como este.

Facebook Comments Box
Fechar