O desejo de empreender pode surgir de diversas formas, como por necessidade ou por causa de uma ideia inovadora. Contudo, em todos os casos, há um aspecto essencial que guia essa decisão. Estamos falando de como fazer um plano de negócio.

Esse é um documento muito importante, que serve de base para coletar informações importantes sobre o mercado, criar estratégias de gestão e planejar os objetivos organizacionais.

Por esse motivo, você não pode deixar de saber como elaborar esse recurso com eficiência e segurança. Continue lendo e confira o nosso passo a passo!

Como fazer um plano de negócio?

Tirar o seu negócio do papel é um objetivo que requer planejamento sobre todos os aspectos da gestão, desde o planejamento financeiro até a cultura organizacional. Para ajudá-lo com essa tarefa, listamos as principais etapas que você deve seguir. Acompanhe!

Organize a ideia no papel

Isso mesmo! Pode parecer simples, mas é essencial manter um registro escrito de suas ideias para que o negócio possa se concretizar. Não precisa ser uma anotação elaborada.

Mantenha uma simples agenda para anotar como você enxerga o seu negócio no futuro, quais práticas gostaria de implementar e como a sua liderança vai funcionar na prática. É também importante descrever qual será a modalidade de negócio, como o caso das franquias.

Além disso, busque conhecimento sobre ferramentas de controle que podem ser úteis no futuro. Existem diversas instituições que oferecem cursos e consultorias para quem tem interesse em se tornar um empreendedor de sucesso.

Faça uma avaliação do mercado

A falta de conhecimento sobre o mercado que deseja atuar é um dos principais motivos que levam ao fechamento de novos negócios nos primeiros anos de atuação. Por isso, a nossa recomendação é a realização de uma extensiva pesquisa sobre:

  • os potenciais fornecedores;
  • a localização ideal do empreendimento;
  • as necessidades e desejos do público-alvo;
  • os principais concorrentes no mesmo segmento.

Foque nos clientes, em seus hábitos de consumo, perfil demográfico e interesses pessoais. A coleta de dados pode ocorrer por meio de entrevistas e questionários, pois essas abordagens contribuem para construir um retrato do mercado.

Construa um planejamento financeiro

É natural que surjam dificuldades financeiras durante os primeiros meses de atuação. Isso ocorre devido à presença recente no setor de atuação. Contudo, é possível se antecipar a esse problema de fluxo de caixa para evitar operar no vermelho.

Comece a estimar qual será o investimento necessário para colocar o empreendimento em operação. Além da estimativa dos custos inicias, inclua nesse cálculo as despesas com folha de pagamento e a manutenção do imóvel. Com isso, é possível equilibrar as finanças em curto e médio prazo.

O plano financeiro também deve incluir a expectativa de retorno do investimento, afinal, o seu objetivo é conquistar o lucro. Se o seu negócio se revelar viável, comece a pensar em como colocar esse projeto em prática. Mas não siga em frente se o resultado financeiro não for atrativo.

Contudo, não desista! Retome o planejamento e procure identificar onde errou e, assim, minimize as chances de dificuldades no futuro. Você já sabe como fazer um plano de negócio, agora basta colocar as mãos à obra.

Se você achou o nosso conteúdo interessante, compartilhe-o nas suas redes sociais!