Estabelecer metas é fundamental para qualquer empresa. Afinal, sem saber o que é preciso otimizar e onde se deseja chegar, não é possível que as organizações cresçam, promovam competitividade e se adéquem às exigências do mercado. A delimitação de metas, porém, não é um exercício tão simples de ser realizado por todos. É preciso ter em mãos o acesso aos passos certos e investir neles para que bons objetivos sejam estabelecidos e buscados — sempre com dedicação e esforço.

Se você deseja entender como criar metas para sua empresa, não deixe de ler este artigo e saber mais sobre o assunto!

Qual é a importância de uma empresa definir metas?

Com o passar dos anos, mais e mais metodologias voltadas para o estabelecimento de metas surgem no mercado, demonstrando que esse é um fator fundamental para o sucesso das organizações. O OKRObjectives and Key Results ou Objetivos e Resultados Chave, em português —, a metodologia S.M.A.R.T e a prática do 5W2H — diretrizes para delimitar objetivos — são apenas alguns exemplos disso.

As empresas precisam das metas para engajarem sua equipe, organizarem o uso de seus recursos, definirem tarefas sólidas para chegarem onde desejam e se manterem ativas perante a concorrência. Sem o incentivo certo, nada disso é possível. A seguir, confira como estabelecer metas na prática.

Como estabelecer metas em 6 passos?

Existem 6 passos que podem colocar você no caminho certo do estabelecimento de metas realmente proveitosas para sua empresa. Saiba quais são elas!

1. Saiba do que sua empresa precisa

O primeiro passo para estabelecer metas da forma correta é entendendo o que sua empresa precisa. Afinal, nem todas as organizações desejam chegar ao mesmo lugar — mesmo que elas atuem na mesma área. Converse com os membros de sua equipe e tente alinhar suas metas com os valores dos colaboradores e da empresa.

2. Planeje metas

Após saber exatamente do que sua empresa precisa, é hora de planejar as metas. As metodologias acima citadas são excelentes formas de fazer isso, além das estratégias internas que não só capacitam sua equipe, mas também a motiva a chegar mais longe.

3. Crie um indicador

O uso de indicadores é fundamental para controlar resultados alcançados e avanços em direção à meta. Ele também serve para manter a organização nivelada em direção aos objetivos, permitindo que pequenas perdas de controle nos processos possam ser rapidamente identificadas e contidas. Ferramentas de gestão podem ser fundamentais nesse momento.

4. Execução

Com objetivos e indicadores em mãos, é hora de colocar o planejamento em prática. Não deixe de investir no aperfeiçoamento contínuo dos colaboradores — que pode ser efetuado por meio de treinamentos empresariais — e de ser transparente em relação à evolução do time e visão da empresa.

5. Avaliação

A cada etapa cumprida do processo é importante empregar processos de avaliação. Eles permitem que possíveis gargalos sejam identificados e que boas práticas sejam estimuladas na equipe. Atitudes valiosas observadas nos membros da equipe podem ser valorizadas, estimulando outros colaboradores a darem o seu melhor.

6. Monitoramento

Finalmente, é fundamental monitorar o processo de estabelecimento e execução de práticas que visam atingir as metas. Afinal, é somente por meio de uma mensuração eficiente que as empresas conseguem compreender o funcionamento dos processos que estão em andamento e otimizá-los.

Ao falar sobre o sucesso das organizações, é fundamental reforçar a importância da definição de metas. São elas que alinham a empresa com o futuro que ela deseja ter e prepara os colaboradores para atingi-las.

Se você deseja saber ainda mais sobre como estabelecer metas e alavancar os resultados de sua empresa, siga nossas redes no LinkedIn, Medium, Facebook, Instagram, Twitter, Youtube e Spotify.