Fazer uma boa gestão de negócios é uma questão delicada. Afinal, qualquer falha pode colocar em risco a sobrevivência da sua empresa. A educação financeira empresarial entra nesse contexto como um processo de aquisição de conhecimentos para lidar com o dinheiro do seu estabelecimento da melhor forma.

Além de garantir um negócio lucrativo e sustentável no longo prazo, controlar as finanças é fundamental para reduzir custos, otimizar processos, orientar as decisões estratégicas e manter a empresa em crescimento constante.

Para ajudar você a garantir a saúde financeira do seu negócio, preparamos este artigo. Continue a leitura e veja 6 dicas valiosas sobre educação financeira!

1. Contabilize os gastos

Você sabe quanto você gasta por mês para manter a sua empresa funcionando? O objetivo de contabilizar isso é identificar pontos de desperdícios e oportunidades de investimento. Portanto, comece colocando todas as contas na mesa para somar custos, despesas e gastos como:

  • aluguel;
  • contas de água, energia, telefone e internet;
  • salários dos funcionários;
  • impostos, entre outros.

Nunca inclua suas despesas pessoais nessa conta. Pagar a parcela do carro e o cartão de crédito, por exemplo, com o dinheiro da empresa pode causar um rombo nas finanças e comprometer os pagamentos do negócio.

2. Quite as dívidas o mais rápido possível

Quando um empresário não tem recursos próprios para investir, é muito comum que ele contraia empréstimos a fim de abrir ou ampliar a empresa — e não tem problema nenhum nisso. No entanto, o fato é que essa dívida abocanha uma parcela dos lucros do negócio.

Portanto, separe um valor mensal para esses pagamentos e evite atrasos para não pagar juros. Além do mais, tome cuidado para não contrair novas dívidas e perder o controle da situação. Quanto mais rápido você quitar essas pendências, mais visíveis — e até maiores — serão os lucros.

3. Estipule metas financeiras

Se você pretende ampliar a estrutura da sua empresa ou adquirir um equipamento novo, precisa garantir os recursos financeiros para dar esse passo, certo? As metas financeiras determinam quais são as ações necessárias para conquistar esses recursos.

Por exemplo: aumentar as vendas, economizar água e energia, reservar mensalmente uma porcentagem dos lucros, fazer aplicações financeiras etc. O ideal é que essas metas sejam atingíveis e que tudo isso esteja contemplado no planejamento estratégico do negócio.

4. Controle tudo que entra e sai da sua empresa

A lógica da educação financeira é simples: uma empresa saudável precisa gastar menos que ganha. Só é possível se certificar disso se você monitorar o fluxo de caixa. Sendo assim, registre diariamente todas as movimentações financeiras do seu negócio: vendas à vista, vendas a prazo, pagamentos de fornecedores, retiradas etc. Esse acompanhamento permite que você tenha uma maior previsibilidade financeira, além de identificar rapidamente inconsistências e desfalques no caixa.

5. Avalie as ofertas ao fazer compras

Nunca compre nada do primeiro vendedor que aparecer. Avaliar todas as ofertas é essencial para adquirir os insumos para a sua empresa pelo melhor preço do mercado e, por consequência, economizar.

Portanto, faça uma boa gestão de fornecedores, pesquise e observe não apenas os preços, mas também a qualidade dos produtos, a reputação do vendedor, as condições de pagamento etc.

6. Tenha colaboradores engajados

Contar com o apoio de profissionais comprometidos com os resultados da sua empresa é um aspecto importante na gestão financeira. Até porque, no dia a dia do negócio, são eles quem vão desligar equipamentos que não estão em uso, utilizar o telefone de forma consciente, economizar materiais etc.

Logo, contrate funcionários alinhados à cultura sustentável da organização e invista em ações com o objetivo de motivar os seus colaboradores. É importante conscientizá-los de que a redução de custos pode render aumentos de salário, ampliação de benefícios, recebimento de mimos, entre outros.

Uma boa educação financeira é o segredo para manter uma empresa saudável. Esse trabalho consiste em fazer escolhas inteligentes sobre a forma que você gasta o dinheiro do seu negócio. Portanto, siga as dicas deste artigo e veja seu negócio prosperar.

Gostou do assunto? Quer saber como facilitar ainda mais o controle de suas finanças empresariais? Entre em contato conosco agora mesmo e conheça uma solução completa para a gestão do seu estabelecimento.