Como criar metas de vendas diante de tantos desafios, como desempenho dos anos anteriores, expectativas de mercado, capacidade de vendas… São tantos indicadores para considerar na hora de definir uma meta que, às vezes, você esquece de também motivar a equipe.

Saiba agora como criar metas de vendas incentivando os colaboradores e alcançando os melhores resultados para a sua empresa.

O que são metas empresariais?

Primeiramente, antes de saber como criar metas, você precisa saber o que são metas empresariais. Basicamente, a meta é o caminho que você vai percorrer para alcançar um objetivo, “como” você fará para conquistar o que almeja. Para isso, o gestor deve se atentar a três informações, que são essenciais: objetivo a ser alcançado, o prazo para ele e os meios que serão necessários.

Por exemplo, você quer que mais pessoas sejam impactadas com seu produto ou que sua empresa consiga aumentar as vendas em 50%? Esse é seu objetivo. Qual tempo é necessário para alcançar isso? Esse é seu prazo. Sua equipe está completa ou será necessário efetuar novas contratações? Esse é o meio.

Parece complexo? Para definir uma meta, é necessário fazer um planejamento completo. E esse estudo deve ser devidamente embasado, para que não aconteçam frustrações ou não cumprimento de prazos. Acompanhe agora alguns passos que te ajudarão a definir uma meta:

6 passos para projetar uma meta alcançável:

01. Defina seu objetivo
  • Procure por um objetivo alcançável, visar algo grandioso demais pode gerar frustrações quando não realizados. Para definir o objetivo, por exemplo, analise os indicadores dos anos passados da empresa e ficará mais fácil ter uma ideia dos resultados palpáveis. Você também pode avaliar seus produtos e a média de venda deles, ou seja, valor quantas unidades foram vendidas no tempo calculado.
02. Qual o prazo para atingir o objetivo
  • Um ano? Seis meses? Veja qual o prazo ideal para atingir com sucesso o objetivo da empresa, de acordo com a realidade do seu negócio.
03. Veja qual a expectativa do mercado durante o prazo estipulado
  • Como está o setor que você atua? Em crise ou em ascensão? Isso dirá muito sobre quais retornos você terá no período que almeja e como seus clientes poderão reagir diante do seu negócio.
04. O que a equipe precisa para alcançar a meta com qualidade de trabalho
  • Esse item é de extrema importância. De nada vale um objetivo que seus colaboradores precisarão se desgastar ou se decepcionar para alcançar. O incentivo é uma boa alternativa e ao longo do texto falaremos mais sobre isso.
05. Quais novos investimentos você precisará fazer
  • Aumentar a equipe ou contratar um novo sistema de gerenciamento? Esses investimentos precisam estar no seu planejamento, até para avaliar se o objetivo estipulado é rentável.
06. Acompanhamento do processo
  • Programe-se para acompanhar todo o processo de planejamento, implantação, melhorias e revisão das suas metas e objetivos. A função de um bom gestor e líder de equipe é, justamente, saber atuar na continuidade das ações.

Portanto nesse processo de planejamento para suas metas comerciais, não esqueça de também considerar os lucros e retornos que serão importantes para a continuidade do negócio. Mas, assim como falamos ali em cima, de nada adianta você visar apenas lucratividade.

Os seus colaboradores precisam ser valorizados no decorrer do cumprimento de metas, para que continuem engajados e alinhados com a missão da empresa.

Colaboradores movidos por metas

Até agora falamos sobre como criar metas de vendas para empresas e, parte necessária para a realização dessas é: a motivação da equipe envolvida. É isso mesmo, seus colaboradores precisam acreditar no negócio tanto quanto você, eles precisam estar alinhados e engajados para que consigam trabalhar com empenho em prol do sucesso conjunto. 

Basicamente, também é preciso criar o que chamamos de metas para equipes ou individuais, que devem acompanhar os objetivos traçados da empresa. Quase um “metas para metas”. Parece confuso? Calma que vamos explicar tudo certinho.

Os resultados positivos de uma empresa só são alcançados quando há envolvimento de todas as equipes e, para que exista essa sinergia, é preciso que haja motivação. Você já ouviu aquela frase que diz algo como “sem objetivos não se chega a lugar algum”? Ela é bem conhecida no mundo corporativo, porque é prática e real. E uma forma de envolver ativamente os colaboradores, guiando e acompanhando os processos realizados por eles, é definindo metas.

Motivação

De acordo com a executiva de Vendas do Social Bank, Ana Carvalho, conta que começou a trabalhar na área de atendimento em outra empresa, com metas quantitativas de responder e-mails. Do atendimento à área Comercial, hoje Ana acredita que as metas são um ótimo incentivo profissional e pessoal.

“Trabalhar com metas é um grande desafio. Te ensina a ser mais forte. Sempre tive medo de enfrentar um trabalho com metas estipuladas, porém, percebi com o tempo que a meta te move e te ensina a ter disciplina e organização. O ser humano é movido por metas, seja pessoal ou profissional. Como você se vê daqui cinco anos? Nada mais é que uma que: Quais sãos suas metas a longo prazo?”, conclui Ana.

As metas por equipe podem ser consideradas: aumento no número de clientes impactados com a marca, aumento de receita no mês ou até novos contratos fechados. Isso vai variar de acordo com o objetivo geral da empresa. E, para que seja uma meta motivadora, que tal premiar os envolvidos que conseguirem atingir o que for definido? O incentivo pode ser um lanche, uma festa no final do ano ou um cartão vale presente. Parece legal, né? Já chega de colaborador desmotivado!

Mas você pode ter pensado “ah, minha empresa está sem dinheiro, quero aumentar o lucro, como vou gastar com incentivo?”. Calma, isso pode até ser feito verbalmente! Invista em elogios, feedbacks e momentos de entrosamento com a equipe. Isso também pode resultar em felicidade e satisfação no ambiente de trabalho.

Quer saber como reter seus colaboradores com ações de endomarketing? Clique aqui! (Linkar com artigo 7 ações de endomarketing)

Como criar metas sem pressão

Definir prazos e objetivos pode gerar pressão e desgaste com os colaboradores, bem como criar metas de vendas. Isso porque o ambiente é favorável para competitividade, cansaço emocional ou rotina pouco saudável. Para que isso não aconteça, vamos te dar algumas dicas para você ter uma equipe engajada e sem pressão.

  1. Não tenha só metas de vendas, mas também de prospecção e negociação. Faça da rotina um desafio positivo, elabore metas diárias, semanais e mensais.
  2. Proponha desafios realistas, que tenham prazos alcançáveis e resultados claros. Converse sempre que possível com sua equipe, para saber se precisam de ajuda ou se já concluíram as etapas. As pessoas tendem a se engajar mais quando compreendem o que há por trás de cada tarefa.
  3. Considere a habilidade de cada pessoa. Veja a característica pessoal e como criar metas de vendas individual ou de equipe a partir disso.

Para a Coordenadora da equipe Comercial do Social Bank, Fernanda Rolim, conhecer as características e habilidades da equipe é fundamental para o atingimento das metas.

“Colocando a equipe toda no papel, descrevendo as suas principais características, habilidades, fraquezas, entre outros pontos relevantes para obter uma análise completa. Assim conseguimos delegar tarefas de forma mais assertiva, sem atropelar as características do profissionais. Esse planejamento deve relacionar os resultados pretendidos pela empresa e os recursos que dispõem”, explica Fernanda.

Baixe agora mesmo uma planilha de acompanhamento de metas para implantar na sua equipe!

Mas, investir em incentivo atrapalha a lucratividade da empresa?

Falamos ali em cima que não é preciso, necessariamente, investir em premiações, se essa não é a realidade do seu negócio. Até porque existem outras formas de presentear uma meta batida, e logo te contaremos outras possibilidades. 

De acordo com o Diretor de Finanças e Risco do Social Bank, Fernando Machado, metas de entregas profissionais bem alinhadas entre o gestor e o funcionário, facilitam a gestão do desenvolvimento de carreira. “Premiar por uma meta atingida é saudável e engaja os colaboradores. Para que esta estratégia funcione elas precisam estar bem definidas e claras para todos. Metas inatingíveis ou não mensuráveis não colaboram para a criação de um ambiente desafiador”.

De acordo com o artigo do Sebrae, “Melhore a lucratividade da sua empresa com inovação e conhecimento”, explica que otimizar processos, na verdade, é uma solução para manter a continuidade do seu negócio.

De que adianta ter uma equipe grande, com produtos de qualidade, se os colaboradores não estão capacitados ou não se sentem motivados para realizar as vendas? 

Investir em incentivos e premiações é, sim, uma forma de otimização dos seus processos. Basta planejar como realizar esses incentivos, sem que sobrecarregue as finanças do seu negócio. Assim, você conquistará bons resultados.

Inovação nas premiações

Para inovar com praticidade e eficiência, vale usar a criatividade na hora de premiar seus colaboradores! A recompensa financeira é legal, mas criar uma experiência e lembrança pode possibilitar memórias afetivas e motivação bem maior.

Então vale pensar na possibilidade de premiar suas equipes com cursos e capacitações. Por exemplo, o colaborador que bater meta esse mês, ganhará um curso de aprimoramento de técnicas comerciais. Além de premiar, você também fará um bom investimento para sua empresa, já que poderá ter retornos diretos vindos com essa ação.

Outra possibilidade são os cartões incentivos! É possível comprar cartões pré-pago em lote e carregá-los com o valor necessário. Nessa forma você pode contratar empresas com taxas justas e dar a liberdade para o colaborador escolher como e quando vai gastar sua premiação.

Além disso, se o ano foi bom e suas finanças alcançaram ótimos resultados, que tal pensar em uma viagem para o melhor setor ou uma grande festa de comemoração? A experiência será satisfatória e motivará a equipe a colaborar sempre mais com o propósito da empresa.

Enfim, as possibilidades são muitas. Agora que você definiu objetivo, prazos, meios, como criar metas de vendas, premiações… É hora de acompanhar e gerir todo seu negócio. Com o planejamento bem feito e a equipe engajada, o sucesso é questão de tempo. Vamos ao trabalho?

Mais artigos em nosso Blog!