Dicas para ter uma gestão de negócios criativa e inovadora

Quem conhece a história de Aladim, sabe que o gênio só concede 3 pedidos a todos que acham a lâmpada. Se você só pudesse pedir a realização de  3 desejos para a sua empresa, qual seria o primeiro pedido?

Para muitas empresas, o primeiro pedido ao gênio da lâmpada seria mais criatividade e inovação para a equipe e também na gestão de negócios.

Afinal, é difícil prosperar e se destacar sem ter esses “super poderes” presentes no negócio.

Em uma pesquisa realizada no início de 2019 pela a Accenture, foi constatado que empresas inclusivas e diversas são 11 vezes mais inovadoras e têm funcionários 6 vezes mais criativos do que a concorrência. Por outro lado, empresas sem estes valores acabam se tornando não atraentes para se trabalhar.

Pensando em tudo isso, sugerimos 3 desejos que você deve ter se quiser alcançar uma gestão de negócios criativa e inovadora. Confira:

1° desejo: cultura criativa e inovadora

A princípio, é natural do ser humano procurar um propósito para seguir. Quando um funcionário encontra na sua empresa um propósito em que possa acreditar, consequentemente ele se sente parte de algo real.

Tudo isso estimula a criatividade e inovação no ambiente de trabalho. Portanto, é importante dar liberdade para que todos possam falar, compartilhar suas ideias e se sentirem aceitos onde estão.

Algumas alternativas que podem e devem ser implantadas para se ter uma gestão de negócios “turbinada” são essas:

  • Promova a diversidade na equipe: o mundo seria muito chato se todos fossem iguais. Uma empresa com pessoas com origens, qualificações, experiências e histórias variadas é bem mais divertida.

Um ambiente com diversidade de perfis e pensamentos é o ideal para que as ideias floresçam. Sendo assim, considere montar equipes com pessoas de características que se complementam em conhecimento e aptidões.

  • Dê liberdade: quando possível permita com que sua equipe tenha horário flexível e possa cumprir sua jornada em home office. É claro que limites devem ser estabelecidos para que a liberdade não atrapalhe os prazos e qualidade de entregas.
  • Estimule um ambiente agradável: a tensão para inovar pode ser grande, por isso ter locais para descompressão, onde a equipe possa relaxar e interagir, é um diferencial que ajuda na produtividade de seus funcionários. 
  • Crie grupos de inovação: selecione pessoas que tenham um perfil criativo, junte-as e tenha como resultado o surgimento de ideias inovadoras.

Incentive o uso de técnicas como o brainstorm (reunião em grupo para debate sobre soluções a um problema.), mapas mentais e método Scamper (técnica de geração de ideias).

2° desejo: aceitar os fracassos

Que atire a primeira pedra quem nunca errou. Para inovar, é preciso estar disposto a fracassar, errar várias vezes e continuar tentando até que o acerto aconteça.

Uma gestão de negócio com cultura criativa e inovadora aceita os fracassos, aprende com os erros e do mesmo modo, se aperfeiçoa para buscar os acertos. 

Portanto, receba bem as falhas dos colaboradores para que eles  não recuem no processo criativo e continuem pensando fora da caixinha.

Valorize e incentive quem se arrisca, mostre a equipe que não é necessário sofrer por ter tomado uma decisão ruim. Ressalte isso na sua gestão de negócios: a alegria de ter errado por tentar deve ser a mesma de quando se é assertivo. 

Também é importante dizer para a equipe o que está sendo feito de forma correta e o que pode melhorar através de feedbacks pontuais.

Encoraje sua equipe a se arriscar e, se possível, coloque como norma na empresa a cultura do erro, em que falhar é aceitável e bem recebido. 

Afinal, é melhor errar por tentar do que desistir, concorda?

3° desejo: valorizar as ideias mantendo o time motivado

Quer que os funcionários pensem fora da curva? Então os motive com alguma forma de recompensa. 

Pode ser reconhecimento em forma de feedback positivo, premiações ou mais benefícios para eles.

Uma boa dica é dar um agradinho para sua equipe, como o Vale Presente, por exemplo. Com ele você presenteia sua equipe com a liberdade de escolher como receber a premiação, de forma personalizada e moderna. Deste modo, o time fica feliz e motivado.

Além disso, leve a sério as sugestões dadas pelos funcionários. Essa atitude gera confiança neles. O que for criado não será desprezado e pode ser implementado para melhorar o trabalho.

Exemplo de empresa criativa e inovadora

Podemos citar como exemplo de empresa inovadora e criativa o Social Bank, que possui como propósito a diversidade e liberdade, buscando sempre a colaboração, seja ela entre colaboradores ou até mesmo entre os próprios clientes.

Viu que estimular a criatividade da equipe não é um bicho de sete cabeças? 

Leia mais algumas dicas que separamos para você no nosso blog sobre gestão de negócios!